quinta-feira, 14 de junho de 2018

O PORQUE A HISTÓRIA SE REPETE?


O MOTIVO DOS PROBLEMAS SE REPETIREM.


Existe na rede um assunto muito apresentado. O porque os problemas se repetem?

Hoje falarei um pouco sobre alguns problemas que se repetem na  vida. Na vida humana você pode notar alguns acontecimentos que se repetem. Estes acontecimentos podem ser vistos como ruins ou bons.
Querer ter uma clareza sobre qual o motivo de algo se repetir em sua vida pode levar você  a um espirito de superioridade profunda, ou de inferioridade absoluta.
Todo tipo de inferioridade ou superioridade pode levar você ao sofrimento. Ainda que dedicar alguns tempo em analisar o motivo de uma tragédia venha te apontar uma saída,  não é segura focar muito neste ponto.

Entender que Deus pode estar dirigindo sua vida,  isto sim, pode fazer muita diferença!

Por ocasião a aflição de Jó, ele não entendia o motivo de uma tragédia seguir-se a outra, e discutir sobre o tema, e buscar conselhos para tentar amenizar o problema pode ser muito pior.. O sofrimento pode aumentar muito.

No mundo existe pessoas que falam  muito sobre este tema, "o motivo dos problemas se repetirem". Nestes lugares você encontrará concelhos como, " se algo ruim se repete na sua vida  pode ser que você ainda não aprendeu com ele."

A maior dificuldade na vida de muitos que os problemas vem se repetindo  é a dificuldade de entender que  muitas destas situações, são universais não particular.

Vamos meditar.

Ser pobre é uma situação universal ou particular? Algumas crises  que se repetem na vida dos pobres é universal ou particular?
A resposta deste ponto pode ser diferente de uma pessoa para outra de um grupo para outro. Algumas grupos apresentam  que o problema de alguns pobres passarem algumas crises repetidas na vida, seja a concentração de riquezas e  na falta de distribuição de renda, para outros, a falta de qualificação, outros na falta de cuidados pessoais, outros apresentam a falta de oportunidades, outros a falta de espiritualidade, entre outros argumentos.
Talvez o mais cruel de todas a teses, quando generalizado, seja a "falta de espiritualidade".  Talvez hoje, a forma mais perigosa, mais cruel, de torturar uma pessoa fiel.
É certo que as circunstâncias podem levar a crises repetidas na vida, e que você buscar um remédio na própria dificuldade pode fazer você sair por cima e evitar que o mesma crise se repita.
Contudo muitas pessoas estão cansadas de buscar nestes concelhos uma saída para sua vida.

Não seria o caso de existir um problema universal, você passar por alguns tipos de crises repetidas?

Será que toda crise repetida você poderia evita-la e após se corrigir? Será que toda crise repetida você realmente é o responsável por ela?

Esta era a filosofia dos amigos de Jó, na mente deles, "o pecado leva a crise repetidas". Ainda que em algumas circunstância  isto possa ser verdade, esta mesma verdade não é universal.
No caso de Jó, as dificuldades não eram particulares. Vivemos em um mundo onde existe um conflito. Neste conflito muitas vezes somos provados. Seja por Deus seja pelos homens. Isto leva muitas vezes a crises repetidas. Outras vezes as crises repetidas advém do objetivo de Deus desejar ou necessitar que você cresça.
Tentar encontrar respostas em você ou em suas atitudes para estas crises, pode fazer com que elas se tornem ainda mais profundas, seja buscando soluções nas pessoas a sua volta, seja em você mesmo. Se o abismo já é profundo, pode se tornar  ainda pior.

Hoje existe varios grupo de pastores que utilizam as crises universais como forma de torturar as pessoas que sobrevivem no poso destas  crises. Na idade de profunda escuridão do cristianismo, as crises era a oportunidade para  muitos lideres religiosos explorarem com crueldade as suas vitimas, "rebanhos" apresentando a  todos que; "os motivos de suas dificuldades, era a falta de espiritualidade".
Muitos moribundos fiéis, eram torturados com a afirmação universal que a "falta de espiritualidade" levava a crises repetidas.

Mas felizmente sempre  existe pessoas como Jó em  todos os tempos, pessoas que vivem uma vida de Jó continua "ou crise repetidas", fiéis, humildes, fortes no Senhor, a tal ponto, de serem fieis mesmo que  nunca o Senhor tire suas dificuldades, provando não somente sua fidelidade por um período, mas durante toda sua vida. Estes aguardam a restauração de todas as coisas. Aguardam um Terra melhor, uma vida sublime, andam com Deus.
Mas triste é ver estes, que já tem uma vida sofrida, por serem testemunhas de Deus neste mundo, ouvindo de seus próprios lideres que suas tragédias são fruto de sua falta de espiritualidade.
Existe algo mais cruel que isto? Ouvir de um líder religioso, que sua tragédia é fruto de sua falta de fé e confiança em Deus? Muitos destes, que como Jó são fiéis, estão sendo entregues para morrerem prematuramente: "E até pelos pais, e irmãos, e parentes, e amigos sereis entregues; e matarão alguns de vós."  (Lucas 21 : 16)
Muitos destes fiéis estão falecendo antes do tempo por causa de lideres que em vez de sustentar, aliviar, ou auxiliar estes moribundos, os levam a morte prematura. Estas sentenças, machucam estes desfalidos e os torturam até a sua sepultura.

Por outro lado muitos hoje clamam como  Habacuque .  "Até quando, SENHOR, clamarei eu, e tu não me escutarás? Gritar-te-ei: Violência! e não salvarás?   Por que razão me mostras a iniqüidade, e me fazes ver a opressão? Pois que a destruição e a violência estão diante de mim, havendo também quem suscite a contenda e o litígio.
 Por esta causa a lei se afrouxa, e a justiça nunca se manifesta; porque o ímpio cerca o justo, e a justiça se manifesta distorcida." Habacuque 1:1-4

Por outro lado existem outros que estão indignados pela opressão que estes moribundos estão sujeitos. E sua pergunta é : Até quando, SENHOR, clamarei eu, e tu não me escutarás?
E a crueldade destes pastores em aumentar o sofrimento dos desfalidos, leva um grande número de pessoas a se escandalizar do cristianismo e abandona-lo. Estes monstros vestidos de vestes sacerdotais estão em  grande parte levando muitas pessoas a sepultura espiritual, ainda que estes escandalizados pareçam estar vivos por mais algum tempo.

O povo de Deus pode se indignar por toda a injustiça existentes nas ruas, na politica, na justiça. Mas estão se indignando pela crueldade que passam aqueles que vivem crise continua, e aumentada pela crueldade dos próprios lideres religiosos? Deus permanecerá calado para sempre? Algum dia Deus permaneceu calado para sempre?

Ainda que, os que como Jó, vivem neste mundo calados, Deus não se calará para sempre.  "Virá o nosso Deus, e não se calará; um fogo se irá consumindo diante dele, e haverá grande tormenta ao redor dele.  Chamará os céus lá do alto, e a terra, para julgar o seu povo.
Ajuntai-me os meus santos, aqueles que fizeram comigo uma aliança com sacrifícios.
E os céus anunciarão a sua justiça; pois Deus mesmo é o Juiz."  Salmo 50:03-06

Ainda que muitos vivam uma vida que aparentemente  desprovidas das bençãos, sejam acusados e julgados de forma injusta, por muitos lideres, estes se levantarão da Terra, e neste dia, Deus será o Juiz, assim como Deus foi o Juiz de Jó estes serão jugados pelo juiz da Terra. Não tiveram tudo, mas seu sacrifício não será em vão, assim como não foi o sacrifício de Jó, e serão recompensados. Será tirado o seu opróbrio. "Aniquilará a morte para sempre, e assim enxugará o Senhor DEUS as lágrimas de todos os rostos, e tirará o opróbrio do seu povo de toda a terra; porque o SENHOR o disse."  (Isaías 25 : 8)
Temei a Deus e da-lhe Gloria! Porque vindo é o dia de Seu Juízo. 

Este dia terá varias fazes, mas o tema central aqui  não  é este. 
Dar gloria a Deus quando tudo esta bem é uma coisa, dar gloria quando as crises ser repetem na vida é outro tipo de gloria.

Refitam.

Hoje o tema apresentado neste espaço fugiu do padrão as postagens, mas o tema é o mesmo. Deus esta no controle de tudo, mesmo quando as coisas não estão indo muito bem.

Tenha um bom dia!









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço desde já pelo seu comentário, positivo ou critico.