terça-feira, 19 de março de 2019

HISTÓRIA DA IGREJA ADVENTISTA, EUA E AMÉRICA DO SUL.

UMA IGREJA E UM POVO.

Quando falamos de uma nação importante precisamos falar de sua história religiosa. Como falar do judaísmo, sem falar da região de Jerusalém? Assim também não podemos falar do Adventismo sem falar dos Estado Unidos da América?
Mas meu objetivo, não seria apresentar toda história dos Estado Unidos da América, assim como da história toda do Adventismo no Mundo. Este espaço tem o compromisso com o leitor em apresentar as medidas da história, e naturalmente falaremos dos Adventistas e um pouco de seu progresso no Mundo. 
A medida escolhida neste dia é de 70 anos. Já  publiquei neste espaço medidas sobre o Estado Unidos da América assim como da Igreja Adventista do Sétimo dia (da América). Basta verificar neste blog.
Como já disse antes Deus estabeleceu medidas, para tudo. Jó 38:05 "Quem lhe pôs as medidas, se é que o sabes? Ou quem estendeu sobre ela o cordel?"

Não e´novidade á ninguém que o cristianismo judaico em Jerusalém  em setenta anos criaram uma organização base da Igreja, antes da cidade ser destruída pelos Romanos, no ano 70 de nossa era. Assim eu escolhi a medida de 70 anos para apresentar que não foi diferente com a Igreja Adventista do Sétimo dia, conforme você pode notar nas medidas abaixo. 
Quero fazer uma comparação simples, assim como existia as  "Cidades de refugio" em Israel, assim os Estados Unidos da América foi um lugar de refugio a muitos deste Mundo, que viviam onde o cristianismo se desvirtuou.
Falar dos Estados Unidos e de sua cooperação com a liberdade, daria um livro e não é meu objetivo com esta matéria. 

Para aqueles que acompanham minhas postagens, não é novidade eu iniciar minhas linhas de tempo do ano 1053-1054, e hoje não será diferente. E também não é novidade a ninguém que meu objetivo neste espaço é apresentar que Deus, não o homem, esta no controle de tudo. 
Outro ponto é que desejei fazer nesta semana uma homenagem a todos da América, pois a maioria das pessoas que visitam este espaço é exatamente do Estados Unidos da América. Obrigado a todos.





Por hora não postarei as fontes as datas desta linha de tempo, uma vez que são datas já publicadas anteriormente.
Mas para quem deseja saber um pouco da história da Igreja Adventista Do Sétimo Dia basta fazer a busca na internet. 

https://www.adventistas.org/pt/institucional/os-adventistas/historia-da-igreja-adventista/historia-na-america-do-sul/

https://iasdmeier.webnode.com.br/nossa-historia/ordem-cronologica-da-iasd/






1774+70=1844
Primeiro Congresso da Filadélfia
Segundo Congresso da Filadélfia
Os colonos do norte resolveram promover, no ano de 1774, um congresso para tomarem medidas diante de tudo que estava acontecendo. Este congresso não tinha caráter separatista, pois pretendia apenas retomar a situação anterior. Queriam o fim das medidas restritivas impostas pela metrópole e maior participação na vida política da colônia.
Porém, o rei inglês George III não aceitou as propostas do congresso, muito pelo contrário, adotou mais medidas controladoras e restritivas como, por exemplo, as Leis Intoleráveis. Uma destas leis, conhecida como Lei do Aquartelamento, dizia que todo colono norte-americano era obrigado a fornecer moradia, alimento e transporte para os soldados ingleses. As Leis Intoleráveis geraram muita revolta na colônia, influenciando diretamente no processo de independência.
Em 1776, os colonos se reuniram no segundo congresso com o objetivo maior de conquistar a independência. Durante o congresso, Thomas Jefferson redigiu a Declaração de Independência dos Estados Unidos da América. Porém, a Inglaterra não aceitou a independência de suas colônias e declarou guerra. A Guerra de Independência, que ocorreu entre 1776 e 1783, foi vencida pelos Estados Unidos com o apoio da França e da Espanha.

Muitas pessoas deixaram de acreditar em Deus pois imagina que Ele esta ausente dos acontecimentos deste Mundo. Este espaço visa apresentar, não através da evangelização, que Deus esta no controle de tudo, mas através da história e suas medidas que  aponta para  um Deus acima de tudo e de todos. 

Todas as matéria postadas neste espaço são de pesquisas ainda inacabadas, podendo passar por revisões, ou acréscimos no tempo devido. 
Agradeço a todos 

Contato; jjcordeluz@hotmail.com


terça-feira, 5 de março de 2019

CONSTANTINOPLA ANO 1053

1053 ANOS DE HISTÓRIA.

A história aponta para um Deus que sabe de todas as coisas, um Deus que limita a história do cristianismo e de outros grupos da humanidade. Nada ocorre por acaso, ou simplesmente por intrigas doutrinárias, ou sociais, ou  até mesmo por busca de poder, ainda que estes motivos estejam na pauta.  Muitos eventos que ocorrerão na história você não pode mudar, o que você pode na ocasião é estar do lado certo quando ocorrer. Deus não deseja que as coisas negativas ocorram, Deus não pode obrigar o certo, mas pode monitorar um grupo ou individuo, para que o prejuízo a causa de Deus seja o  menor possível. Deus não deseja que seu povo  passe por dificuldades, mas o permite para o bem destes.
Os conflitos existentes na experiência de um povo ou grupo, pode não ser agradável estuda-los , mas pode nos deixar lições.

O cristianismo começou a espalhar-se a partir de Jerusalém, e depois em todo o Oriente Médio, acabando por se tornar a religião oficial da Armênia em 301, da Etiópia em 325, da Geórgia em 337, e depois a Igreja estatal do Império Romano em 380. 

Tornando-se comum em toda a Europa na Idade Média, ela se expandiu em todo o mundo durante a Era dos Descobrimentos. 

Hoje iremos ver um pouco das medidas de Deus no delinear da história das autoridades. Datas e medidas entre datas, no qual deixa lições. Você poderá notar que as medidas são semelhantes para os principais períodos da história.





Como podemos notar esta medidas apresentam lições, que Deus, e não o homem, esta no controle da história humana.
Cada data deste gráfico parece uma parede de separação entre um período e outro. As saídas podem ser contempladas como divisões de um ambiente. Estes ambiéntes são saídas, assim como entrada de um novo período, nunca como o fim. 

Não sabemos ao certo o que representa as entradas, apesar de entender que tudo tem uma saída. Quando Deus apresentou a saída para as 2300 tardes e manhãs do livro de Daniel, 9:25 "Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas; as ruas e o muro se reedificarão, mas em tempos angustiosos."  (Daniel 9 : 25) 
Esta medida de 490 anos estava limitado, ou separados para o povo Judeu, como também  apontava o juízo de purificação apos 2300 anos Daniel 8:14.  E ele me disse: "Até duas mil e trezentas tardes e manhãs; e o santuário será purificado."
Estes períodos estão inserido na mesma "saída", e teria uma "entrada", no final dos 2300 anos (a purificação do santuário Celestial). Ambos os períodos são períodos de Juízo, tanto o período de 490 anos "separados" como 2300 anos apontado para a purificação.  Ambos os períodos estão alinhados com a mensagem do santuário e tem uma mesma saída.  No livro de Ezequiel diz Deus: Ezequiel 43:11  "E, envergonhando-se eles de tudo quanto fizeram, faze-lhes saber a forma desta casa, e a sua figura, e as "suas saídas", e as "suas entradas", e todas as suas formas, e todos os seus estatutos, todas as suas formas, e todas as suas leis; e escreve isto aos seus olhos, para que guardem toda a sua forma, e todos os seus estatutos, e os cumpram."
Quando iniciou a profecia dos 490 anos, 457 antes de Cristo, foi a saída, mas a entrada para a purificação do santuário foi em 1844 depois de Cristo. Se você não entende esta profecia entre em um em uma pagina da Igreja Adventista do Sétimo dia e  confira seus cálculos e figuras. Ai esta link para quem desejar entender um pouco mais sobre o assunto. https://www.youtube.com/watch?v=YsHU7AfxopY

Mas este templo apresentado no livro de Ezequiel tem muitas saídas, assim como muitas entradas, mas uma coisa ele tem em comum, tem medidas semelhantes para alguns  ambientes.
Assim ocorre com a história, tem saídas diferentes e são muitas, mas também tem seus períodos bem definidos e limitados.
Cada parte do santuário tinha em si uma representatividade, vou dar um  exemplos revelado. O átrio externo pertencia aos gentios, Apocalipse 11: 2  "E deixa o átrio que está fora do templo, e não o meças; porque foi dado às nações, e pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses." Ou seja 1260 anos. 
Assim como o átrio pertencia, ou foi separado  aos gentios, assim os outros compartimentos certamente também tem suas aplicações,  e pode representar um período especifico  da história tanto do passado, presente e futuro. 
Aqui apresento evidências do passado, assim como do presente, mas quanto ao futuro não pertence a nós. Mas podemos tirar lições importantes destas medidas do passado. Uma delas, é que Deus esta no controle de tudo, apesar que os homens tendem  a  acreditar que quem esta no controle das coisas são os finitos mortais, a história aponta para outra verdade. 
Existem muitas classes  que hoje estão no poder, que se firmaram no mesmo, pensando que  nunca cairão do seu pedestal de ilusões. Não sabem estes que já estamos em período de  juízo, não entendem o simbolismo de cada faze do juízo, e que respeitar a vontade, ou as leis de Deus, pode ser uma proteção no presente e no futuro. 

E, envergonhando-se eles de tudo quanto fizeramfaze-lhes saber a forma desta casa, e a sua figura, e as "suas saídas", e as "suas entradas", e todas as suas formas, e todos os seus estatutos, todas as suas formas, e todas as suas leis; e escreve isto aos seus olhos, para que guardem toda a sua forma, e todos os seus estatutos, e os cumpram." Ezequiel 43:11

Existe um condição básica para ter entendimento desta mensagem, "envergonhar" de seu sentimento de auto suficiência. 
Não existe saída para um ser humano presunçoso, a não ser que se humilhe perante Deus,  "Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;"  (Apocalipse 3 : 17)

As medidas da história, ou qualquer setor da vida pode te dar evidencias da necessidade de você mudar, mas você tem que dar seu passo, acreditar que ainda não tem nada, que tem muito para crescer, e buscar este crescimento em Deus, não nas saídas ou entradas. As saídas ou entradas da história humana, ou das profecias, não fará você apto para entender o principal destas medidas, mas dará a você oportunidade de se posicionar na vida do lado certo, ou de  arrepender-se de ser presunçoso. O concelho hoje é "vigiai e orar".

Este espaço não é dedicado a sermões, mas a apresentar evidencias que Deus esta no controle de tudo, e que você pode entregar sua vida a Ele, e o restante Ele fará.   
Como vimos acima as datas principais para muitos eventos da história religiosa, como civil, tem suas medidas rebatidas, ou em algumas situações medidas entre datas repetidas.


Um pouco de história.

1053
Quando Miguel Cerulário se tornou patriarca de Constantinopla, no ano de 1043, deu início a uma campanha contra as Igrejas latinas na cidade de Constantinopla, ordenando o fechamento de todas em 1053.
https://pt.wikipedia.org/wiki/Grande_Cisma


869
cisma de Fócio é um termo utilizado para descrever a controvérsia que durou entre 863 e 867 entre a igreja de Constantinopla e a Igreja de Roma, liderada pelo papa
O concílio de 867 foi seguido pelo Concílio de Constantinopla de 869, que depôs Fócio e o excomungou, reinstalando Inácio


Muitas vezes costumo utilizar esta saída. Hoje irei apresentar um pouco do período de 1053 anos.

Quando Miguel Cerulário se tornou patriarca de Constantinopla, no ano de 1043, deu início a uma campanha contra as Igrejas latinas na cidade de Constantinopla, ordenando o fechamento de todas em 1053, envolvendo-se na discussão teológica da natureza do Espírito Santo, questão que viria a assumir uma grande importância nos séculos seguintes. Estes conflitos acabaram em uma cisão entre a Igreja de Constantinopla (Ortodoxos) com a Igreja de Romana, (Catolicismo Romano de Roma)
Como podemos notar abaixo na linha do tempo, 753 antes ocorreu um evento ou saída para a Igreja Armênia. A Armênia foi a primeira nação à adotar o cristianismo como religião oficial de Estado, em 301 depois de Cristo. Mas de 93% dos cristãos armênios pertencem à igreja Apostólica Armênia, uma forma de ortodoxia oriental.
Como podemos notar o final do Império Sacro Romano Germânico foi no ano 1806 ou seja 753 anos 
depois do ano 1053. 

1806
Oton  vence os Húngaros e recebeu  sua primeira sagração por proteger o papa João XII no ano 962 e nasce o Sacro Império Romano- Germânico QUE DURARIA ATÉ O ANO 1806

CONSTANTINOPLA 331 

Bizâncio foi, de 326 a 331, inteiramente reformada e preparada para ser a “nova Roma”.
(Igrejas latinas na cidade de Constantinopla, ordenando o fechamento de todas em 1053.)

301 
A Armênica foia a primeira nação à adotar o cristianismo como religião oficial de Estado, em 301. Mais de 93% dos cristãos armênios pertencem à Igreja Apostólica Armênia, uma forma de ortodoxia oriental. 

Em 1922 a Sociedade das Nações coloca a Palestina sob autoridade Britânica.
1922, saída de Mehmed VI, que foi o último sultão do Império Otomano.

869 – 8º CONCÍLIO ECUMÊNICO – Excomunhão de Fócio.
869+1053=1922 
 (No longo período que se inicia em 1453 e vai até 1922, Constantinopla foi a capital do Império Otomano.)

CONSTANTINOPLA 331
Bizâncio foi, de 326 a 331, inteiramente reformada e preparada para ser a “nova Roma”. Ao fim dessa preparação, foi renomeada, passando a se chamar Constantinopla, em homenagem ao imperador.
https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/historiageral/imperio-bizantino.htm

Etiópia 301

O cristianismo começou a espalhar-se a partir de Jerusalém, e depois em todo o Oriente Médio, acabando por se tornar a religião oficial da Armênia em 301, da Etiópia em 325, da Geórgia em 337, e depois a Igreja estatal do Império Romano em 380. Tornando-se comum em toda a Europa na Idade Média, ela se expandiu em todo o mundo durante a Era dos Descobrimentos.


CRESCIMENTO DAS IGREJAS EM CONSTANTINOPLA 331

Ano de 331 muitos templos romanos são desapropriados e passa a ser igrejas Católicas.

331    CONSTANTINO FUNDOU CONSTANTINOPLA

A transferência da capital de roma para Constantinopla No dia 11 de maio de 330, o imperador Constantino I tornou a cidade de Constantinopla a capital do Império Romano. Com o passar do tempo, a cidade cresceu territorialmente e em importância, sendo respeitada e cobiçada por vários povos. Até 395, permaneceu como capital do Império Romano, passando, então, a ser a capital do Império Bizantino. Em 1204, as forças da Quarta Cruzada capturaram a cidade e teve início a fase do Império Latino. Mas em 1261 passou ao comando de Miguel VIII Paleólogo, representante de Niceia. Novamente, a cidade de Constantinopla era a capital do Império Bizantino. Nesta fase, a cidade gozou de relativa tranquilidade e houve um grande crescimento da mesma. Era a capital da cristandade e a maior e mais rica cidade da Europa. Durante quase dois séculos serviu de capital aos bizantinos. Todavia, foi em 1453 que veio a grande derrota. No dia 29 de maio, o Constantinopla  tomou a cidade como capital e esta situação não mais se alterou. No longo período que se inicia em 1453 e vai até 1922, Constantinopla foi a capital do Império Otomano. Em 1923, foi criada a República da Turquia, que mudou sua capital de Constantinopla para Ancara, porém ainda mantendo o controle sobre a primeira. 
Em 331, Constantino encomendou a Eusébio cinquenta bíblias para a igreja de Constantinopla.


CISÃO DE 1053 -1054

Quando Miguel Cerulário se tornou patriarca de Constantinopla, no ano de 1043, deu início a uma campanha contra as Igrejas latinas na cidade de Constantinopla, ordenando o fechamento de todas em 1053, envolvendo-se na discussão teológica da natureza do Espírito Santo, questão que viria a assumir uma grande importância nos séculos seguintes.
https://pt.wikipedia.org/wiki/Grande_Cisma
https://pt.wikipedia.org/wiki/Cisma_de_F%C3%B3cio
https://pt.wikipedia.org/wiki/Cisma_de_F%C3%B3cio

Existem muitos outras postagens apresentando medidas sobre Constantinopla e Roma neste blog. O objetivo não é apresentar o futuro ou especulações sobre o mesmo, mas apresentar de forma diferente, se possível, que este Mundo não foi entregue ao acaso, mas que existe um Deus controlando os limites, conforme "os tempos e estações" para que cada evento se cumpra. Eu poderia apresentar este tema somente pautado na bíblia sagrada, mas existe um grupo de pessoas que  acredita mais nas evidência da história do que na palavra de Deus. Existe outros, que somente voltará para casa quando a história fazer o que a bíblia ainda não tem como fazer na vida destes. Estas medidas são cunhas que poderão traze-los de volta a bíblia. 
Assim como a musica prepara eleva, assim como a leitura da palavra prepara e eleva, assim como a natureza prepara e eleva, assim Deus,  prepara e eleva pessoas através das suas medidas em varias denominações,  para que sua entrega a Ele seja um ato de fé. 
Você subiria em um avião se soubesse que a pessoa não tem a qualificação para pilotar um avião ? Muitos hoje esperam que eu e você mostre que Deus tem capacidade de controlar suas vidas até um Dia estar com Ele conforme as sua promessas.  Mas mesmo depois de encontrar um piloto qualificado, você não terá a garantia de que voará até seu destino, diferentemente se seu piloto ser Deus. 
Deus fará por nós, não somente por ser qualificado e organizado, mas fará por nós pois Ele é Deus, não homem. A evidencias da história nunca substituirá a fé,  confiar em Deus, sempre será um passo da fé. 

Contato para palestra.
jjcordeluz@hotmail.com

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

QUARENTA DIAS NA BÍBLIA E SUAS LIÇÕES.

  QUARENTA DIAS E SUA HISTÓRIA.

Este espaço não tem como objetivo apresentar fantasiosas aplicações sobre os números da história encontradas na bíblia, ou no decorrer da história humana. Mas despertar de forma diferente que Deus é um ser organizado. Poderíamos fazer isto de varias formas usuais, como; falando da anatomia de tudo que foi criado, ou ainda, a forma que foi organizados os planetas e cada agente da natureza. 
Temos ainda a oportunidade de estudar as profecias bíblicas, estas apresentam que Deus tem suas medidas limitadas e tempos específicos, e que, Ele esta no controle de tudo.

"Penso nos dias de outrora, trago à lembrança os anos de passados tempos." Salmos 78:2

Temos por habito recordar o passado, tirar lições dos períodos de nossa vida, ou de outras pessoas.
Quando falamos em limites estamos falando de períodos que Deus escolheu para determinados eventos na bíblia sagrada. Muitos em reuniões com amigos ou em família lembram: "Meu irmão se casou na mesma idade minha, minha irmã tem minha altura, Minha avó também faleceu com esta idade." Comparações ocasionais sempre existiram na conversas e poucos sabem que nem tudo é 

Tudo tem seu tempo determinado... Eclesiastes 3:1

Jesus disse: Ainda não é meu tempo varias vezes aos discípulos.

LIMITES DE TEMPO

40 dias e quarenta noites do dilúvio (Gn 7,4.12);
40 dias e 40 noites Moisés passa no Monte (Ex 24,18; 34,26; Dt 9,9-11; 10,10);
40 dias Jesus jejuou antes de começar seu ministério (Mt 4,2; Mc 1,12; Lc 4,2);
40 dias depois da Ressurreição acontece a ascensão de Jesus (At 1,3).
40 chicotadas eram dadas a alguém que errava como forma de correção (Dt 25,3)
40 chicotadas Paulo recebeu pelo menos cinco vezes menos uma (2Cor 11,24).
Elias caminhou 40 dias até o monte Horebe com a força de uma refeição preparada por um anjo.
José do Egito morreu e o luto durou  quarenta dias, pois assim se cumprem os dias do embalsamamento; e os egípcios o choraram setenta dias 1 Reis 19:7-8. 
Começou Jonas a percorrer a cidade caminho de um dia, e pregava, e dizia: Ainda quarenta dias, e Nínive será subvertida. Jonas 3:4
Foi, pois, Hazael encontrar-se com ele, levando consigo um presente, a saber, quarenta camelos carregados de tudo que era bom de Damasco; chegou, apresentou-se diante dele e disse: Teu filho Ben-Hadade, rei da Síria, me enviou a perguntar-te: Sararei eu desta doença? 2 Reis 8:9
Mas os primeiros governadores, que foram antes de mim, oprimiram o povo e lhe tomaram pão e vinho, além de quarenta siclos de prata; até os seus moços dominavam sobre o povo, porém eu assim não fiz, por causa do temor de Deus.  Neemias 5:1O  



LIMITES DE MEDIDAS.

Era, pois, o Santo Lugar do templo de quarenta côvados 1 Reis 6:1

Fizeram também quarenta bases de prata debaixo das vinte tábuas: duas bases debaixo de uma tábua para os seus dois encaixes e duas bases debaixo de outra tábua para os seus dois encaixes Êxodo 36:24
Também fez dez pias de bronze; em cada uma cabiam quarenta batos, e cada uma era de quatro côvados; sobre cada um dos dez suportes estava uma pia 1 Reis 7:38
A largura da entrada: dez côvados; os lados da entrada: cinco côvados de um lado e cinco do outro; também mediu a profundidade da entrada: quarenta côvados, e a largura: vinte côvados. Ezequiel 41:2
Nos quatro cantos do átrio havia átrios pequenos, menores, de quarenta côvados de comprimento e trinta de largura; estes quatro cantos tinham a mesma dimensão Ezequiel 46:22
Tanto os períodos de quarenta dias, como as medidas quarenta no santuário, pode nos deixar uma lição, ainda que não as compreendemos claramente, Deus esta no controle de tudo, sempre!
Assim como Ele limitou as medidas do santuário, assim também Ele limitou a experiência de Seu povo na terra. As medidas da história assim como as medidas do santuário estão apresentando que tudo tem um limite,

         CONTATO:    jjcordeluz@hotmail.com

sábado, 5 de janeiro de 2019

MEDIDAS DE DEUS EM QUARENTA ANOS.

MEDIDAS DA HISTÓRIA, MEDIDAS DE DEUS.

Não quero aqui estabelecer conceitos baseados em numerologia  ou  em ocultismo, meu desejo com este artigo é apresentar que Deus tem suas medidas, e que esta no controle de todas as coisas. Assim como o santuário de Deus tem suas medidas repetidas, assim da mesma forma Ele administra a história de cada pessoa na Terra.
O mesmo foco ou objetivo você poderá encontrar estudando os livros proféticos desde Gênesis á Apocalipse. Deus deseja apresentar a você e a mim que Ele não abandou tudo a um curso natural, mas que monitora cada limite estabelecido por Ele.
Neste espaço eu comparo história que se repete visando levar você a entender que nada escapa do controle de Deus ainda que os homens e mulheres desconhecem Suas medidas.
Segundo é apresentado nas escrituras Moisés permaneceu na corte do Egito por 40 anos. Depois fugiu para o deserto e la ficou por quarenta anos, ainda peregrinou no deserto por mais 40 anos DEUTERONÔMIO 1:03. Seria isto apenas uma medida repetida casual? Certamente que não!
Veja a linha abaixo:

Atos 7:23,30,36
Podemos ainda ver estas medidas de quarenta anos se repetindo na história dos principais patriarcas, como exemplo temos a idade em que Isaque e Esaú se casaram.
Tendo Isaque a idade de quarenta anos tomou Rebeca como Esposa. GÊNESIS  25:20 
Tendo Esaú  a idade de quarenta anos tomou Judite.  GÊNESIS  26:34

Tendo Josué  a idade de quarenta anos foi chamado para espiar a terra.
Josué 14:07
A terra teve sossego por quarenta anos.
 Juízes 3:11 - 5:32 - 8:28
O Senhor entregou Israel por quarenta anos nas mãos do filisteus.
I Samuel 4:08
Eli  julga Israel por  quarenta anos.
I Samuel 4:18
Quarenta anos tinha Isbosete quando começou a reina sobre Israel.
II Samuel 2:10
Saul reinou quarenta anos Israel.  Atos 13:21
Davi reinou por quarenta anos. II Samuel 5:04
Salomão reinou sobre  Israel por quarenta anos. I Reis 11:42
Roboão começou a reinar com  quarenta anos I Reis 14:21
Asa reinou sobre Israel quarenta anos.  I Reis 15:10
Joas reinou em Jerusalém quarenta anos. II Reis 12:01
Isbosete tinha 40 anos quando começou a reina em Israel

AS TERRAS DO EGITO.
As terras do Egito ficariam desertas por  quarenta anos e espalhados. Ezequiel 29:12,13

ALGUMAS MEDIDAS DO SANTUÁRIO.

As bases das tabuas do  tabernáculo somavam quarenta unidades.  Êxodo 26:19, 21-  36: 24 
O templo tinha quarenta covados I Reis 6:17
Assim a medida quarenta e outras medidas da história vem se repetindo não de forma casual, mas busca apontar e  esclarecer que nada é por acaso, Deus esta limitando tudo segundo as Suas medidas.
Podemos não ter entendimento claro sobre isto, mas podemos contemplar que nada ocorre por acaso.

Seria Deus o organizador somente das  medidas  de Seu povo?
Você algum dia imaginou que é dono de sua própria vida?

Se a raça humana entendesse que Deus é o dono verdadeiro de suas vidas, e que, não não somos de "nós mesmos", quão diferente encararíamos nossa missão? Quantas vezes você decidiu fazer algo mas nunca conseguiu? Parecia que nunca iria acontecer, mas depois de algum tempo atingi o objetivo?
Foi no seu tempo ou no tempo de Deus? Foi nas suas medidas, ou prazo, ou foi no prazo de Deus?

Pense sobre isto, não importa qual seja seu conceito filosófico ou religioso que você defenda, não importa que nível se encontra no trabalho, na escola, ou na família. Deus imporá limites as coisas relevantes a sua vida, mas, sempre por amor. Nunca irá retirar sua liberdade, afinal de contas Ele mesmo implantou no Universo o livre arbítrio. E isto também é amor.

Que Deus lhe abençoe sempre.

Contato: jjcordeluz@hotmail.com  55+17-98 134 234 1 Tim.


sábado, 29 de setembro de 2018

MEDIDAS DA IGREJA E O ESTADO.


As medidas que limitam à história.

Tudo esta conforme as medidas de um Deus, mesmo a natureza esta limitada as medidas de Deus. Ao mar foi dito: "E disse: Até aqui virás, e não mais adiante, e aqui se parará o orgulho das tuas ondas?"  (Jó 38 : 11)

Vivemos em um mundo com suas medidas gravadas e limitadas por Deus. Este espaço visa apresentar que as autoridades seja civil ou religiosas não fazem o que querem ou intentam, antes do tempo de Deus. Nada acontece por acaso.  Se você ainda não tem certeza sobre este ponto veja esta publicação. 

CLÓVIS SE CASA COM UMA CATÓLICA.

As uniões matrimoniais sempre tiveram influência na história da igreja, contudo mesmos estes colaboraram ou dificultaram a pureza da igreja.
O Estado Pontifícios, ou sua liderança, tiveram alianças que lhe deram muita dor de cabeça, trouxe a igreja uma aparente evolução  e  gloria.   A igreja assim como o Estado sempre tiveram suas disputas, que favoreceram uma das partes, mas nem sempre favoreceu a pureza da igreja.







No século XVII, após a ascensão de Napoleão Bonaparte e a eclosão das Guerras Napoleônicas, os Estados Pontifícios foram ocupados e extintos pela França, as revoltas do povo romano contra os franceses foram esmagadas e o Papa Pio VII preso em Savona e depois na França. Com o Congresso de Viena, os Estados Pontifícios foram recriados, e extintos novamente em 1870 por Vitor Emanuel II, no âmbito da unificação da Itália, iniciando-se a Questão Romana. No mesmo ano o Concílio Vaticano I proclamou o primado e infalibilidade papal como dogma.
Em resposta aos desafios sociais da Revolução Industrial, o Papa Leão XIII publicou a encíclica Rerum Novarum, estabelecendo a doutrina social da Igreja em que rejeitava o socialismo, mas que defendia a regulamentação das condições de trabalho, o estabelecimento de um salário mínimo e o direito dos trabalhadores de formar sindicatos. Em 1929, o Tratado de Latrão assinado entre a Itália e o papa Pio XI estabeleceu a independência do Vaticano, como cidade-estado soberano sob controle do papa, utilizada para apoiar sua independência política.[4]

https://pt.wikipedia.org/wiki/História_do_papado


Em 493, Clóvis I, rei dos francos, casou-se com Clotilde, princesa católica de Borgonha.  Mesmo permitindo que seus filhos fossem batizados, ele próprio hesitava abjurar “a fé dos seus ancestrais”. Mas ele viu também que a Igreja Católica Romana se tornaria “o grande poder eclesiástico do futuro”, e se defrontou com a questão básica: Deveria o seu grande poder político crescer “em aliança com esse outro poder ou em oposição a ele?”

À semelhança de Constantino, Clóvis começou a perceber “a força que ele ganharia se aceitasse o Cristianismo”,e, durante uma batalha com os alamanos, ele jurou aceitar o Deus de Clotilde e se tornar um cristão se saísse vitorioso. Em decorrência de sua vitória, ele foi batizado no dia de Natal de 496 “com três mil de seus soldados pelo Bispo Remígio de Reims” que proferiu na ocasião as conhecidas palavras: “Inclina a tua cabeça em humildade, ó sicambriano; adora o que havias queimado e queime o que havias adorado”.
http://www.centrowhite.org.br/pesquisa/artigos/a-importancia-das-datas-de-508-e-538-d-c-para-a-supremacia-papal/

1947 DECRETADO DIVISÃO DO ESTADO DA PALESTINA
1947
A terra, no entanto, já era habitada, e a partir disso, foi então revigorada a criação de um Estado judeu na Palestina e, durante uma assembleia da ONU, no ano de 1947, foi decretado que a Palestina seria dividida em dois estados, sendo que um seria Judeu e outro Árabe. Em 1948, foi, finalmente, fundado o Estado de Israel de forma oficial. 
https://www.estudopratico.com.br/criacao-do-estado-de-israel/

Veja a semelhança.

1999
O pai do Estado Islâmico foi o jordaniano Abu Musab Al-Zarqawi ,
em 1999 Zarqawi  fundou o estado Islâmico.

1947 + 52 = 1999




A organização terrorista Estado Islâmico (EI, proibida na Rússia), conhecida também como Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL, ou ISIL, na sigla em inglês) e Daesh (sigla EIIL em árabe), autoproclamou-se "califado mundial" em 29 de junho de 2014, tornando-se imediatamente uma ameaça explícita à comunidade internacional e sendo reconhecida como a ameaça principal por vários países e organismos internacionais. Porém, o grupo terrorista tem suas origens ainda em 1999, quando o jihadista da tendência salafita jordaniano Abu Musab al-Zarqawi fundou o grupo Jamaat al-Tawhid wal-Jihad. Depois da invasão norte-americana no Iraque em 2003, esta organização começou a fortalecer-se, até transformar-se, em 2006, no Estado Islâmico do Iraque. A ameaça representada por esta entidade foi reconhecida pelos serviços secretos dos EUA ainda naquela altura, mas reconhecida secretamente, e nada foi feito para contê-la. Como resultado, surgiu em 2013 o Estado Islâmico do Iraque e do Levante, que agora abrange territórios no Iraque e na Síria, mantendo a instabilidade e fomentando conflitos.
https://br.sputniknews.com/trend/estado_islamico_escalada_terror/?id=1621139&date=20150720T144200


Não tenho duvida que ainda que você conhece um pouco de Deus, você nunca mais será o mesmo depois de contemplar esta publicação. 
Quando apresento as medidas entre datas importantes registradas na história, não estou tentando apresentar que este, ou aquele outro ponto da história, seja da vontade de  Deus, mas que seu limite estabelecido se cumpri para um menor prejuízo para causa de Deus, ainda que não entendemos isto claramente. Estes acontecimentos ocorridos entre medidas, não faz com que aqueles que estão envolvidos no acontecimento seja  pessoas fiéis a Deus.
  jjcordeluz@hotmail.com












sábado, 15 de setembro de 2018

ANGLICANISMO REFORMADO E SUAS MEDIDAS.

ANGLICANISMO REFORMADO.

Todas as postagens deste espaço poderá passar por revisões. Estas matérias não estão concluídas e são pesquisas inacabadas.

O caráter de Deus é constituído de misericórdia, assim nem tudo que é suportado por ele é algo aprovado.

As medidas da história se repete com tanta precisão que podemos dizer que a igreja vive seu turno no grande dia religioso deste mundo. Nenhum fio de cabelo desta igreja passa desapercebido, ou que não esta previamente organizado por Deus. Assim como Ele organizou cada setor de Seu santuário, ele também  definiu limites em todos os sentidos. Assim vivemos neste mundo,  e como não temos como escolher em que momento da história podemos nascer, podemos escolher de lado ficaremos no período conferido a nós, que também tem seu limite.

Hoje irei apresentar as medidas da IGREJA ANGLICANA. 

Contudo não tenho como apresentar todas as medidas que se repete na história relacionado a igreja Anglicana. Não desejo que esta matéria se torne exaustiva. Já publiquei outras medidas anteriormente basta busca-las no blog.

Vamos a linha de tempo.

Todos que acompanha as matérias deste espaço, sabem que no ano 538 em diante tivemos o  Inicio dos 1260 anos de supremacia papal (átrio externo).  tivemos também o primeiro papa com jurisdição temporal.  E que o  Código de Justiniano entrou em vigência  o papa como Cabeça das igrejas.
538+538=1076 este assunto já foi publicado em matérias anteriores. Então vamos as medidas após o ano 1076.

1076
O reinado de Henrique IV foi marcado por esforços para consolidar o poder do império mas, na realidade, foi uma difícil tentativa de manter a lealdade dos nobres e o apoio do papa, que Henrique pôs em causa quando, em 1075, insistiu no direito de um príncipe secular presidir à investidura dos príncipes da Igreja, especialmente os bispos, o que desencadeou o conflito conhecido como a Controvérsia da investidura. Como consequência, o papa Gregório VII excomungou (penalidade da Igreja católica que consiste em excluir alguém da totalidade ou de parte dos bens espirituais comuns aos fiéis), Henrique no dia 22 de fevereiro de 1076.
https://pt.wikipedia.org/wiki/Henrique_IV_do_Sacro_Império_Romano-Germânico

1533
Em 1533, o Congresso proibiu o direito de apelo a Corte papal de Roma. E no mesmo ano, Thomas Cranmer tornou-se o Arcebispo de Cantuária e anulou o casamento entre Henrique VIII e Catarina e validou o casamento entre Henrique e Ana. 
http://www.metodistavilaisabel.org.br/artigosepublicacoes/descricaocolunas.asp?Numero=2464
https://draft.blogger.com/blogger.g?blogID=5991136344852370209#editor/target=post;postID=1959930336315868606;onPublishedMenu=allposts;onClosedMenu=allposts;postNum=18;src=link

1559 

Em 28 de abril de 1559, o congresso, novamente aprovou a "LEI DE SUPREMACIA DO REI" , "E A LEI DA UNIFORMIDADE DO CULTO"
http://comunidadeanglicana.blogspot.com/2009/12/historia-da-reforma-religiosa-na.html
Em 17/11/1558, a Rainha Elizabete I sucedeu no reinado pela morte de Maria I. E em 28 de abril de 1559, o Congresso, nova-mente, aprovou a Lei de Supremacia do Rei e a Lei da Uniformidade do Culto.


1863
Em 1563, foi escrito o grande documento da Reforma Anglicana: Os Trinta e Nove Artigos de Religião, que foram aprovados pelo Sínodo.
http://www.metodistavilaisabel.org.br/artigosepublicacoes/descricaocolunas.asp?Numero=2464
http://igrejaanglicana.com.br/nossa-historia/

2009
A igreja Livre da Inglaterra (FCE), à  qual pertence a IGREJA ANGLICANA REFORMADA, começou em 1844 como reação ao ritualismo do MOVIMENTO DE OXFORD, surgido dentro da IGREJA DA INGLATERRA.
Somente em 1863 foi registrada oficialmente.
http://igrejaanglicana.com.br/nossa-historia/

Seria quase impossível para mim apresentar todas as medidas da história que se repetem nas medidas apresentadas neste espaço durante anos, ou ainda que estão para ser apresentadas em um único artigo. Mas creio que no futuro ficará muito mais claro que a história, acompanha um ciclo, quase que imutável, assim como as leis da natureza. Mas para Deus nada é impossível. 

As fontes da linha do tempo abaixo já foram apresentadas em outras matérias, então não publicarei novamente sobre elas. 




No ano 457 antes de Cristo, teve o retorno do povo judeu a Jerusalém, o Estado de Israel foi restaurado para o povo judeu. semelhantemente o que ocorreu no ano 1948 com a criação do Estado de Israel na palestina. 

Assim também no ano 1075-1076 se deu a saída para um movimento de liberdade sumária da IGREJA de ROMA vindicado pelo ESTADO, na pessoa de Henrique. O estado desejava se livrar do julgo da igreja. 

Lembrando que 538 + 538 = 1076-7 e que as medidas da história não são coisa do acaso,  estes acontecimentos estão limitados nas medidas de Deus, não do homem.

Não importa o cargo ou lugar  que você atua na vida, Deus estabeleceu seus limites, e você deve fazer Sua obra não se achando melhor que Deus, mas acreditando estar sendo monitorado e por Ele. O fato de você estar a frente de algo não faz de você melhor que o restante dos mortais.

PENSE NISTO.....



sábado, 23 de junho de 2018

MEDIDAS DA HISTÓRIA E SEU JUÍZO.

"Voltarei ampliar esta matéria no futuro."

Todas as matérias deste espaço não estão concluídas. Assim como a doutrina de uma instituição cristã não deve se ter em mente estar concluída. A maioria das instituições as suas doutrinas foram ampliadas em número ou reduzidas a um número menor. Por um motivo simples, tudo na vida deve crescer ou diminuir.
Então não me culpe por publicar algo que ainda não terminei. Na vida, nem tudo é como queremos.

Para os cristãos de hoje temos algumas datas que marcaram o mundo cristão judaico, assim como o cristianismo em geral.
Para o catolicismo a data 0-1 se deu o nascimento de Jesus, apesar de existir oposições a esta data por grande parte dos historiadores de hoje, como do cristianismo em geral. Mas meu objetivo não é aqui organizar o calendário, mas apresentar as medidas da história.
No catolicismo exitem muitas datas importantes, em 537 a sede de Roma foi transferida para a cidade de Constantinopla, onde hoje, se encontra a igreja Católica Ortodoxa, e igreja separada no ano 1054.
Estas duas datas ano 0-1 e ano 537 somando 1307 anos você chegará a duas datas importantes. 0-1 mais 1307 anos você chegará a data de 1307-8 concretizando a transferência da sede do catolicismo de Roma novamente para Avignon França. E no fim de 70 anos após esta transferência se deu um grande cisma na Igreja Católica. 
Da mesma forma ocorreu saindo do ano 537 mais 1307 chegamos ao ano 1844 data de muitos movimentos, mas o apresentado aqui em foco, é o ocorrido com a Igreja Adventista Do Sétimo dia. Somando 70 a data de 1844 chegamos a 1914, surgimento de um movimento separatista dentro da igreja que acabou levando a um cisma.

Com a  transferência da sede da igreja de Roma para Constantinopla no ano de 537 podemos notar que passa-se 1307 anos e temos de forma histórica o inicio do movimento Adventista separado como grupo, ainda não organizados.

Temos ainda crença  Adventista que no ano de 1844 Jesus iniciou um novo ciclo ministerial no santuário Celestial. Esta crença esta baseada na profecia de Daniel 8:14 14  "E ele me disse: Até duas mil e trezentas tardes e manhãs; e o santuário será purificado." em que o anjo apresenta que após 2300 anos o santuário seria purificado, iniciando Sua obra de julgamento dos mortos e vivos. A saída para esta profecia se deu no ano 457 AC tendo seu final no ano de 1844 DC.

Esta seria a medida especifica mais importante do santuário "igreja" para a crença adventista. Nesta medida de 2300 anos está delineada experiência ou ciclo diferente de Cristo no santuário Celestial. 


No ano 1307 a sede da igreja Católica  foi transferida para Avgnom (França) "Cativeiro Frances". Assim como o ano 537 foi inaugurada a sede da igreja Católica na Cidade de Constantinopla. Em ambas circunstancias a sede do catolicismo romano foi transferida, deixando de ser em Roma.


As datas apresentadas nesta linha de tempo seria as datas mais importantes para as duas denominações, quando tratamos de cisões, de mudança de ciclo das religiões ou movimentos envolvidos.
É certo que exitem muitas outras cisões de ambos os lados. Contudo tratarei sobre isto quem sabe, no futuro, se Deus permitir.
Quando comparo medidas não estou tentando nivelar as denominações em um único patamar, mas sim, destacar que existe um tempo para a interferência de Deus no andamento das religiões e que este tempo, pode ser  semelhante tanto para uma, como para outra. dependendo muito da saída, como diz o anjo a Daniel, "Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas; as ruas e o muro se reedificarão, mas em tempos angustiosos."  (Daniel 9 : 25) neste texto o anjo tenta esclarecer a Daniel o assunto sobre a purificação do santuário. Existe sempre saídas e entradas como figuras notadamente  apresentado no livro de Ezequiel: "Tu, pois, ó filho do homem, mostra à casa de Israel esta casa, para que se envergonhe das suas maldades, e meça o modelo."  (Ezequiel 43 : 10)  Faze-lhes saber a forma desta casa, e a sua figura, e as suas saídas, e as suas entradas (Ezequiel 43:11)

Deus sempre apresentou "modelos semelhante em Seus santuários" com medidas semelhantes, e não somos "igreja" santuários de Deus nesta Terra? Não erra a igreja de hoje como errava no passado? Não são suas medidas ou saídas semelhantes? Assim como sua entradas e figuras? Com esta convicção estou de tempos em tempos apresentando medidas de varias religiões neste espaço. E meu objetivo é chamar a atenção de forma diferente que DEUS ESTA NO CONTROLE DE TUDO. E que também não são os lideres os grandes na história mas, aquele que a respeito de tudo estabeleceu limites.

Será que, se nossos universitários ou pessoas comuns teriam algum crescimento ou contemplar a história se repetindo? Seriam revigoradas ao saber que Deus controla o Mundo, não somente religioso como civil, como buscou fazer com o antigo Israel ?
O mundo parece estar fora de controle. Não esta Deus nestas medidas também apresentando quem esta na verdade no controle?
Quando apresento as medidas das igrejas, estou na verdade apresentando as medidas do livro de Ezequiel, e o objetivo é o mesmo. Tanto para mim mesmo, como para todos os leitores. Temos muito que se envergonhar, e o tempo é hoje.
Temos muito que se envergonhar, mas iremos atender ao apelo de Deus para recebermos mais luz?
 "1 E, envergonhando-se eles de tudo quanto fizeram, faze-lhes saber a forma desta casa, e a sua figura, e as suas saídas, e as suas entradas, e todas as suas formas, e todos os seus estatutos, todas as suas formas, e todas as suas leis; e escreve isto aos seus olhos, para que guardem toda a sua forma, e todos os seus estatutos, e os cumpram."
Se por influencia de Deus entendermos que sem Ele nada somos, e que não importa o que passamos Ele esta no controle de tudo, pode ficar mais fácil exercermos fé, e se envergonharmos também de termos uma fé tão fraca, com certeza as outras verdades ligadas ao santuário será derramada sobre nós todos, e existirá uma reforma na nossa vida e em todos os sentidos.
Será que esta medidas não despertará pessoas de todos as classes  e crenças? Se isto não ocorrer não estará esta culpa em Deus. A Ezequiel foi dito: "Mas tu lhes dirás as minhas palavras, quer ouçam quer deixem de ouvir ... ."  (Ezequiel 2 : 7)


Eu sou um Adventista do Sétimo Dia, um dia fui Católico, e respeito a todos da mesma forma, apesar de hoje ter a fé Adventista. Aqui não apresento a história como membro da igreja, mas como um pesquisador da história das religiões do Mundo, pesquiso as medidas do santuário de Deus.   Meu objetivo é apresentar que: "DEUS ESTA NO CONTROLE DE TUDO".



Por mais que se esforcem em dizer que Deus guiou o Israel no passado, passo a passo, e nos guiará hoje, mais e mais pessoas hoje estão duvidando do controle de Deus como nunca houve em nenhuma época. Pense nisto.

A história se repete como sinal de que Deus controla tudo.



Muitos correm atrás de Jesus, não pelo motivo correto, seguem a Cristo somente para receber conforto que necessitam. "Jesus respondeu-lhes, e disse: Na verdade, na verdade vos digo que me buscais, não pelos sinais que vistes, mas porque comestes do pão e vos saciastes."  (João 6 : 26)
Seguir a Cristo tem vantagens, somos alimentados e saciados. Contudo; "buscar" não basta. Os sinais apresentados na vida de Cristo dever ser o motivo de fazer ou seguir.
Muitos hoje,  lideres e cristãos, estão atrás não dos sinais apresentados na vida de Jesus, mas do conforto que este lhe oferece. Cristo veio a este mundo fazer o que já fazia antes, " render se a vontade de Deus". Quando um dos discípulos pediu para Jesus  os ensinar a orar, Ele respondeu que a base e prioridade de todo desejo, é render-se: Orem assim: "Seja feita a Sua vontade".


Pense nisto.


Um abraço a todos!

jjcordeluz@hotmail.com


















quinta-feira, 14 de junho de 2018

O PORQUE A HISTÓRIA SE REPETE?


O MOTIVO DOS PROBLEMAS SE REPETIREM.


Existe na rede um assunto muito apresentado. O porque os problemas se repetem?

Hoje falarei um pouco sobre alguns problemas que se repetem na  vida. Na vida humana você pode notar alguns acontecimentos que se repetem. Estes acontecimentos podem ser vistos como ruins ou bons.
Querer ter uma clareza sobre qual o motivo de algo se repetir em sua vida pode levar você  a um espirito de superioridade profunda, ou de inferioridade absoluta.
Todo tipo de inferioridade ou superioridade pode levar você ao sofrimento. Ainda que dedicar alguns tempo em analisar o motivo de uma tragédia venha te apontar uma saída,  não é segura focar muito neste ponto.

Entender que Deus pode estar dirigindo sua vida,  isto sim, pode fazer muita diferença!

Por ocasião a aflição de Jó, ele não entendia o motivo de uma tragédia seguir-se a outra, e discutir sobre o tema, e buscar conselhos para tentar amenizar o problema pode ser muito pior.. O sofrimento pode aumentar muito.

No mundo existe pessoas que falam  muito sobre este tema, "o motivo dos problemas se repetirem". Nestes lugares você encontrará concelhos como, " se algo ruim se repete na sua vida  pode ser que você ainda não aprendeu com ele."

A maior dificuldade na vida de muitos que os problemas vem se repetindo  é a dificuldade de entender que  muitas destas situações, são universais não particular.

Vamos meditar.

Ser pobre é uma situação universal ou particular? Algumas crises  que se repetem na vida dos pobres é universal ou particular?
A resposta deste ponto pode ser diferente de uma pessoa para outra de um grupo para outro. Algumas grupos apresentam  que o problema de alguns pobres passarem algumas crises repetidas na vida, seja a concentração de riquezas e  na falta de distribuição de renda, para outros, a falta de qualificação, outros na falta de cuidados pessoais, outros apresentam a falta de oportunidades, outros a falta de espiritualidade, entre outros argumentos.
Talvez o mais cruel de todas a teses, quando generalizado, seja a "falta de espiritualidade".  Talvez hoje, a forma mais perigosa, mais cruel, de torturar uma pessoa fiel.
É certo que as circunstâncias podem levar a crises repetidas na vida, e que você buscar um remédio na própria dificuldade pode fazer você sair por cima e evitar que o mesma crise se repita.
Contudo muitas pessoas estão cansadas de buscar nestes concelhos uma saída para sua vida.

Não seria o caso de existir um problema universal, você passar por alguns tipos de crises repetidas?

Será que toda crise repetida você poderia evita-la e após se corrigir? Será que toda crise repetida você realmente é o responsável por ela?

Esta era a filosofia dos amigos de Jó, na mente deles, "o pecado leva a crise repetidas". Ainda que em algumas circunstância  isto possa ser verdade, esta mesma verdade não é universal.
No caso de Jó, as dificuldades não eram particulares. Vivemos em um mundo onde existe um conflito. Neste conflito muitas vezes somos provados. Seja por Deus seja pelos homens. Isto leva muitas vezes a crises repetidas. Outras vezes as crises repetidas advém do objetivo de Deus desejar ou necessitar que você cresça.
Tentar encontrar respostas em você ou em suas atitudes para estas crises, pode fazer com que elas se tornem ainda mais profundas, seja buscando soluções nas pessoas a sua volta, seja em você mesmo. Se o abismo já é profundo, pode se tornar  ainda pior.

Hoje existe varios grupo de pastores que utilizam as crises universais como forma de torturar as pessoas que sobrevivem no poso destas  crises. Na idade de profunda escuridão do cristianismo, as crises era a oportunidade para  muitos lideres religiosos explorarem com crueldade as suas vitimas, "rebanhos" apresentando a  todos que; "os motivos de suas dificuldades, era a falta de espiritualidade".
Muitos moribundos fiéis, eram torturados com a afirmação universal que a "falta de espiritualidade" levava a crises repetidas.

Mas felizmente sempre  existe pessoas como Jó em  todos os tempos, pessoas que vivem uma vida de Jó continua "ou crise repetidas", fiéis, humildes, fortes no Senhor, a tal ponto, de serem fieis mesmo que  nunca o Senhor tire suas dificuldades, provando não somente sua fidelidade por um período, mas durante toda sua vida. Estes aguardam a restauração de todas as coisas. Aguardam um Terra melhor, uma vida sublime, andam com Deus.
Mas triste é ver estes, que já tem uma vida sofrida, por serem testemunhas de Deus neste mundo, ouvindo de seus próprios lideres que suas tragédias são fruto de sua falta de espiritualidade.
Existe algo mais cruel que isto? Ouvir de um líder religioso, que sua tragédia é fruto de sua falta de fé e confiança em Deus? Muitos destes, que como Jó são fiéis, estão sendo entregues para morrerem prematuramente: "E até pelos pais, e irmãos, e parentes, e amigos sereis entregues; e matarão alguns de vós."  (Lucas 21 : 16)
Muitos destes fiéis estão falecendo antes do tempo por causa de lideres que em vez de sustentar, aliviar, ou auxiliar estes moribundos, os levam a morte prematura. Estas sentenças, machucam estes desfalidos e os torturam até a sua sepultura.

Por outro lado muitos hoje clamam como  Habacuque .  "Até quando, SENHOR, clamarei eu, e tu não me escutarás? Gritar-te-ei: Violência! e não salvarás?   Por que razão me mostras a iniqüidade, e me fazes ver a opressão? Pois que a destruição e a violência estão diante de mim, havendo também quem suscite a contenda e o litígio.
 Por esta causa a lei se afrouxa, e a justiça nunca se manifesta; porque o ímpio cerca o justo, e a justiça se manifesta distorcida." Habacuque 1:1-4

Por outro lado existem outros que estão indignados pela opressão que estes moribundos estão sujeitos. E sua pergunta é : Até quando, SENHOR, clamarei eu, e tu não me escutarás?
E a crueldade destes pastores em aumentar o sofrimento dos desfalidos, leva um grande número de pessoas a se escandalizar do cristianismo e abandona-lo. Estes monstros vestidos de vestes sacerdotais estão em  grande parte levando muitas pessoas a sepultura espiritual, ainda que estes escandalizados pareçam estar vivos por mais algum tempo.

O povo de Deus pode se indignar por toda a injustiça existentes nas ruas, na politica, na justiça. Mas estão se indignando pela crueldade que passam aqueles que vivem crise continua, e aumentada pela crueldade dos próprios lideres religiosos? Deus permanecerá calado para sempre? Algum dia Deus permaneceu calado para sempre?

Ainda que, os que como Jó, vivem neste mundo calados, Deus não se calará para sempre.  "Virá o nosso Deus, e não se calará; um fogo se irá consumindo diante dele, e haverá grande tormenta ao redor dele.  Chamará os céus lá do alto, e a terra, para julgar o seu povo.
Ajuntai-me os meus santos, aqueles que fizeram comigo uma aliança com sacrifícios.
E os céus anunciarão a sua justiça; pois Deus mesmo é o Juiz."  Salmo 50:03-06

Ainda que muitos vivam uma vida que aparentemente  desprovidas das bençãos, sejam acusados e julgados de forma injusta, por muitos lideres, estes se levantarão da Terra, e neste dia, Deus será o Juiz, assim como Deus foi o Juiz de Jó estes serão jugados pelo juiz da Terra. Não tiveram tudo, mas seu sacrifício não será em vão, assim como foi o sacrifício de Jó, e serão recompensados. Será tirado o seu opróbrio. "Aniquilará a morte para sempre, e assim enxugará o Senhor DEUS as lágrimas de todos os rostos, e tirará o opróbrio do seu povo de toda a terra; porque o SENHOR o disse."  (Isaías 25 : 8)
Temei a Deus e da-lhe Gloria! Porque vindo é o dia de Seu Juízo. 

Este dia terá varias fazes, mas o tema central aqui  não  é este. 
Dar gloria a Deus quando tudo esta bem é uma coisa, dar gloria quando as crises ser repetem na vida é outro tipo de gloria.

Refitam.

Hoje o tema apresentado neste espaço fugiu do padrão as postagens, mas o tema é o mesmo. Deus esta no controle de tudo, mesmo quando as coisas não estão indo muito bem.

Tenha um bom dia!









segunda-feira, 23 de abril de 2018

JERUSALÉM UMA CIDADE DESEJADA.

TODAS AS MATÉRIAS DESTE ESPAÇO SÃO PESQUISAS,  PODENDO PASSAR POR REVISÕES.



O tempo e a história tem apresentado em vários períodos que Deus, e não os homens, estão no controle deste mundo.  Os homens podem ordenar, impor, exigir, mas quem permite, ou não, os eventos é unicamente Deus. Eu poderia dar testemunhos claros a este respeito falando de muitas circunstancias da minha vida que Deus não os homens estavam no controle da situação, ainda que eu estava em um beco sem saída  na ocasião. O que seria o mais importante em circunstancias como esta? O que a história pode nos ensinar? Quem são os grandes de verdade?

Temos na história alguém que nos da uma deixa.

"E foi tirado dentre os filhos dos homens, e o seu coração foi feito semelhante ao dos animais, e a sua morada foi com os jumentos monteses; fizeram-no comer a erva como os bois, e do orvalho do céu foi molhado o seu corpo, até que conheceu que Deus, o Altíssimo, tem domínio sobre o reino dos homens, e a quem quer constitui sobre ele."  (Daniel 5 : 21)

Existe um conflito na maioria das vezes entre nosso desejo e o desejo de Deus.
Um país sem problemas seria bom ou ruim para a maioria das pessoas? Uma empresa levaria você crescer mais com ou sem problemas?


Falarei sobre este tema na próxima postagem: O porque a história se repete em nossa vida. 

Os assuntos apresentados na linha de tempo, acredito; que não exige um comentário, ela fala por si mesma. 




Assim que  Gregório 1073  se tornou papa e toma atitudes para restabelecer o poder do clero, assim o califa Omar busca tomar atitudes para fortalecer a religião muçulmana na região da "Palestina" a tomando-a. 
Assim como a concordata de Worms 1122  busca restabelecer a investidura no tratado de Worms, assim o califa Omar 638 buscou reconstruir a cúpula dourada no lugar onde estava o primeiro templo, fazendo isto minava as forças dos religiosos de Israel. Fazendo isto, Omar firmava a crença muçulmana estabelecia sua autoridade religiosa no local. 

Assim como em 1530 foi um marco para o conflito entre católicos e protestantes, os temas ali disputados seria, liberdade de crença nos territórios onde o protestantismo havia alcançados sucesso. Ou seja, a igreja buscava neste conflito resgatar territórios onde imaginava ser de seu direito. Assim também em 1095, a igreja buscava resgatar territórios que imaginava ser de seu direito no caso Jerusalém, ou região da palestina, com as cruzadas.

Com o inicio da reconstrução da Mesquita de Omar 637 os muçulmanos dava a entender a todos que a história do templo de Jerusalém estava enterrado, pelo menos imaginava ele isto. Hoje o tema no Mundo sobre Jerusalém esta centrado não nas terras apenas, ou no reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel, mas, na possibilidade da reconstrução do templo Judeu. 





Os conflitos existentes no mundo religioso poderia fazer você imaginar que não existe Deus, ou se organizados como foi feito neste espaço levar você crer que somente Deus poderia permitir  que estes acontecimentos se repetissem da forma apresentada. 

Eu publico muitas outras medidas repetidas, ou seja, circunstancias e fatos que se repetem depois de um determinado período de muitos anos. Nenhum homem conseguiria organizar a história desta forma, uma vez que estes, nem viveram para ver o seu desfecho.
Poderia estas postagens apresentar qual seria a sequência futura?  Acredito que não, uma vez que estes períodos são organizados como medidas de um templo, e que estas medidas ou períodos são espelhadas ou repetidas, como são as medidas de uma construção. O objetivo deste espaço é apresentar que nada é por acaso, e que acontece antes do tempo. Nenhum líder no mundo é tão grande como Deus que permite  tudo á  Seu tempo. 


1122

No ano 1122 foi a  saída  para  uma reforma sobre assuntos religiosos  e temporais. 

1122  Concordata de Worms, celebrada entre o imperador, Henrique V, e o papa, Calisto II, e sancionada pelo concílio de Latrão (1123). 

1073
O papa Gregório se torna papa no ano 1073 e imediatamente adota medidas para que somente o papa pode apontar ou destituir o clérigos. 


1530

Em  1530, os príncipes que haviam aderido à Reforma foram convidados a explicar-se no Parlamento alemão. Na ocasião, Philipp Melanchton, amigo de Lutero, apresentou a proclamação da fé luterana.


1073
Em 1073, Hildebrando da Toscânia, que havia ocupado vários cargos eclesiásticos na Cúria Romana desde o pontificado de Leão, e também tido uma formação na Abadia de Cluny, se torna papa e assume o nome de Gregório VII, imediatamente adotando uma série de medidas ascetas e monásticas, e iniciando o movimento conhecido como Reforma Gregoriana, decretando que o só o Papa podia nomear ou destituir os clérigos ou movê-los de suas sés.


638. O califa Omar apodera-se de Jerusalém. Conquista da Palestina e da Síria. 638 – Invasão árabe de Alexandria e Jerusalém. A cruz é levada para Constantinopla.

687: Construção da mesquita de Omar, em Jerusalém. 687. Começo da construção da mesquita de Omar em Jerusalém. 687  Os Árabes constroem em Jerusalém a atual mesquita no lugar do antigo Templo.

1095: No Grande Concílio de Clermont-Ferrand, o papa Urbano II convoca a primeira Cruzada.
1095, Aleixo I Comneno, imperador bizantino, envia uma embaixada ao papa Urbano II, para lhe pedir ajuda.



Ainda que as pessoas imaginam estar no controle de seus atos e propósitos, somente Deus esta no controle de tudo. Pense nisto.

Sempre que a religião passou acreditar ser proprietária de algum poder, ou qualquer outro aspecto, esta cometeu erros graves. Assim também ocorreu muitas vezes com aqueles que estavam no poder do Estado. 


Assim a história se repete, depois de um período definido. 

Quem esta no poder seja religioso seja politico pode até imaginar, eu sou o poder, ou, eu por minhas forças construí tudo isto. 
Seria estes personagens do período definido tão grandes? 
Ou  a única coisa que podem fazer é escolher o lado certo ou errado em suas vidas?

PENSE NISTO.