sexta-feira, 1 de setembro de 2017

MADIDAS DA IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS.

ASSEMBLEIA DE DEUS E SUAS MEDIDAS

Antes de comentar sobre a matéria acima, gostaria de dizer que Deus, não os homens, estão no controle deste Mundo. E que este espaço tem como objetivo apresentar a história de uma forma diferente de outros espaços existentes.



A tomada pelos otomanos da capital, Constantinopla, mais tarde batizada de Istambul, marcou o fim da Idade Média e abriu o caminho para uma era de descobrimentos.
E já apresentei em matérias passadas, que, com a queda de Constantinopla, os corredores dos mercantes  ficou bloqueado pelos novos conquistadores, assim levou a Europa, em nosso caso Portugal, buscar especiarias em outros lugares. Assim este evento, foi a saída para a cronologia que irei apresentar.
Era pelo Bósforo, e por Constantinopla, que passavam todos os mercadores que vinham da China e da Índia, trazendo as preciosas especiarias e os artigos de luxo tão essenciais ao continente. A opção encontrada pelos europeus foi pensar em rotas alternativas.

Assim foi que o Brasil foi descoberto em 1500, sete anos após a queda de Constantinopla, ou por causa de sua queda.

A lenda que segue a história.

Ano 1453 se deu a queda de Constantinopla a Maomé, o Conquistador. A morte de Constantino XI.  Sob assédio constante dos turcos desde 1422, Constantinopla finalmente cai em 29 de maio 1453, marcando o fim do Império Romano do Oriente.
Os presságios para os bizantinos no dia 24 de maio de 1453 eram os piores possíveis. Nesse dia, um eclipse lunar lembrou a todos os que resistiam ao cerco otomano, imposto pelo sultão Maomé II desde o dia 6 de abril, que uma antiga profecia estava para se cumprir. A lenda dizia que a bela Constantinopla (atual Istambul, na Turquia), a joia do Oriente e capital do Império Bizantino, resistiria a seus inimigos enquanto a Lua brilhasse firme no céu.
Para o desespero da população, os sinais da desgraça que estava para se abater sobre os homens do imperador Constantino XI não pararam por aí. No dia seguinte, um ícone da Virgem Maria se espatifou no chão durante uma procissão e, na seqüência, uma chuva de granizo inundou as ruas, encharcando os mais de 22 km de muralhas que protegiam a cidade.
Fonte: guiadoestudante.abril.com.br

O ano 1453 foi o ano que impulsionou as navegações.


1453*457=1910

1910 SAIDA PARA ASSEMBLEIA DE DEUS.



Quando Daniel Berg e Gunnar Vingren chegaram a Belém do Pará, em 19 de novembro de 1910, ninguém poderia imaginar que aqueles dois jovens suecos estavam para iniciar um movimento que alteraria profundamente o perfil religioso e até social do Brasil por meio da pregação de Jesus Cristo como o único e suficiente Salvador da Humanidade e a atualidade do Batismo no Espírito Santo e dos dons espirituais. As igrejas existentes na época – Batista de Belém do Pará, Presbiteriana, Anglicana e Metodista - ficaram bastante incomodadas com a nova doutrina dos missionários, principalmente por causa de alguns irmãos que se mostravam abertos ao ensino pentecostal. A irmã Celina de Albuquerque, na madrugada do dia 18 de junho de 1911, foi a primeira crente a receber o batismo no Espírito Santo, o que não demorou a ocorrer também com outros irmãos. 


O clima ficou tenso naquela comunidade, pois um número cada vez maior de membros curiosos visitava a residência de Berg e Vingren, onde realizavam reuniões de oração. Resultado: eles e mais dezenove irmãos acabaram sendo desligados da Igreja Batista. Convictos e resolvidos a se organizar, fundaram a Missão de Fé Apostólica em 18 de junho de 1911, que mais tarde, em 1918, ficou conhecida como Assembleia de Deus.

Em poucas décadas, a Assembleia de Deus, a partir de Belém do Pará, onde nasceu, começou a penetrar em todas as vilas e cidades até alcançar os grandes centros urbanos como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre.

Em virtude de seu fenomenal crescimento, os pentecostais começaram a fazer diferença no cenário religioso brasileiro. De repente, o clero católico despertou para uma possibilidade jamais imaginada: o Brasil poderia vir a tornar-se, no futuro, uma nação protestante.


http://www.editoracpad.com.br/assembleia/historia/historia.php?i=2
https://pt.wikipedia.org/wiki/Assembleia_de_Deus

Assim depois de 457 anos da queda de Constantinopla, a (Nova Roma) que no passado havia se estabelecido como uma cidade Cristã e segundo o propósito de Constantino de fazela a capital ou sede do cristianismo, vem surgir no Brasil uma nova leva de cristãos desafiando o reinado do catolicismo no meio religioso.
Assim a história segundo as medidas de Deus, não do homem continua se repetindo com todas a gerações de Cristãos espalhados pelo nosso pais e Mundo.

Assim que der estas matérias serão ampliadas e melhor apresentadas.

Tenha um Bom dia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço desde já pelo seu comentário, positivo ou critico.