sábado, 30 de maio de 2015

508 ANOS E A PROSPERIDADE DE ROMA E DOS EVANGELICOS

508 ANOS DE CRISTIANISMO.

Aqui vou comentar algumas datas do período de 508 anos de cristianismo, quando dava seus primeiros passos depois da emancipação ocorrida por causa da morte dos patriarcas da  fé. (igreja primitiva)

Vamos começar com o ano 298 depois de Cristo:
(298)    *Os Cristãos são banidos do exército romano.

(363-4)*O concílio de Laodiceia ocorrido em 364 d.C., discutiu na ocasião sobre o dia de guarda que o cristianismo deveria seguir. Esta assembleia eclesiástica motivada em parte pela vigência do edito de Constantino(a), estabeleceu no cânon 29: "Os cristãos não devem judaizar e descansar no sábado, mas trabalhar neste dia; porém devem honrar especialmente o dia do Senhor, e, como cristãos, devem se possível, não realizar nenhum trabalho neste dia. Se, entretanto, forem encontrados judaizando, sejam excomungados por Cristo."

(476)   * Queda do Império Romano deixou um largo de prosperidade e a igreja cristã no mundo muda completamente seu perfil.

(508)*507 Clóvis vence os visigodos. Após a sua vitória, em 508, Clóvis recebeu honras especiais de Roma.


Enquanto a igreja de cristã se mantinha pura a respeito de quem era o legislador da mesma, o sábado ficou intocável. Com passar do tempo os ventos das dificuldades para igreja cristã foi diminuindo, por outro lado a influência da politica de adequação de Roma foi pressionando a igreja. Os períodos  intercalados levou a igreja desejar paz com as politicas a sua volta. Assim como israel a igreja esqueceu quem era seu legislador, e outro dia senão o sábado foi escolhido.
A questão aqui não era qual dia se descansar, mas quem seria o legislador da igreja. Com  a queda de Roma ano 475-477 o terreno ficou propicio para firmar sua prosperidade em meio as tantas crenças que fluíam de todos os lados. Depois do surgimento de Clóvis no senário da igreja, tudo parecia agora, prospero, como nunca.
Em 507, Clóvis declarou guerra contra os visigodos. Ele era o agressor, e acreditava que “era uma guerra religiosa para libertar a Gália dos hereges arianos”. Reunindo suas tropas, ele fez a elas um vigoroso discurso, no qual declarou: “Entristece-me o fato desses arianos dominarem uma parte da Gália. Marchemos, com a ajuda de Deus, e subjuguemos o seu país”.
O apoio das autoridades seria de muita valia para que o cristianismo se mostrasse invencível, mas invencível sem o selo do Verdadeiro, e único Deus? Onde ficou o legislador do templo celestial? Logo a mensagem do santuário seria jogada ao chão, mas jogada definitivamente.
Apesar de tudo, Deus o legislador verdadeiro e único teve suas testemunhas durante este período de dificuldade, apresentando o sábado como dia sagrado.


508 NO BRASIL.

A historia se repete de forma rebatida na história do Brasil.





Ano de 1500 a primeira cerimonia religiosa cristã se realizava no Brasil.

A primeira missa  também foi um marco para o inicio da história do Brasil. No dia 22 de abril de 1500 chegaram as 13 caravelas lideradas por Pedro Alvares Cabral. Ao avistar um monte do mar, chamou de Monte Pascoal  já que era o oitavo dia da Páscoa. Ao desembarcarem foram recebidos por aproximadamente dezoito índios e trocaram presentes. A primeira missa em solo brasileiro, no dia 26 de abril. Segundo narra o escrivão Pero Vaz de Caminha em uma carta para o rei de Portugal, D. Manuel, depois 47 dias navegando pelo oceano Atlântico, ao chegarem na praia da Coroa Vermelha, dois carpinteiros fizeram uma cruz e a colocaram na areia. Assim foi que muitos apresentam a fundação do cristianismo no Brasil.

Vou colocar o gráfico para discorrer pós ele.



Com já vimos ano 1500 foi a saída para o cristianismo no Brasil, contudo depois de 298 anos (1798) Na avalanche da Revolução Francesa, a Conjuração Baiana (ou Revolta dos Alfaiates) tinha caráter emancipacionista: exigia, a qualquer custo, a independência do domínio português. Um pais cristão buscando se libertar, exatamente das garras de seu descobridor, ou para alguns, invasores.

Voltando a revolução Francesa; 1798 foi o final dos 1260 anos de supremacia e
anulado o código de Justiniano. O general de Napoleão Berthier fez uma ferida mortal no papado desapropriou dos 5 Estados tirou seus poderes tempo-rais.

Depois de 363 anos pós a primeira missa em território brasileiro, é fundado a igreja adventista, nos EUA, com a bandeira do legislador do universo, apontando o santuário Celestial como fonte para suas convicções que se espalham como folhas na terra. E o curioso nisto é que sua missão seria restaurar o sábado como dia de Guarda nos costumes cristãos. Diferente do ano 363-4 onde o objetivo do concilio de Laudicéia que foi estabelecer o domingo como dia sagrada para todos os cristãos. A história tem medidas rebatidas, não podemos entender isto hoje claramente, mas o Deus que controla todas as coisas, sabe muito bem em que direção esta indo nosso mundo e o Brasil.

Depois de 475-477 anos outro fato marca a história deste pais. Conflitos entre alguns grupos defensores do Domingo, nomeados como evangélicos, entraram em disputas para saber quem seria o mais poderoso movimento ou igreja evangélica, no mundo e no Brasil. Exibem os números de ovelhas, seus templos alugados ou adquirido como o dinheiro dos fiéis ou vendas ou ofertas feitas muitas vezes de forma duvidosa.  Deixando os princípios das igrejas que antes deles passaram por perseguição por amor ao evangelho.
O pentecostalismo brasileiro pode ser compreendido como a história de três ondas de implantação de igrejas.
*A primeira onda é a década de 1910, com a chegada da Congregação Cristã (1910) e da Assembleia de Deus (1911).
*A segunda onda pentecostal é dos anos 50 e início de 60, na qual o campo pentecostal se fragmenta, a relação com a sociedade se dinamiza e três grandes grupos (em meio a dezenas de menores) surgem: Quadrangular (1951), Brasil para Cristo (1955) e Deus é Amor (1962). O contexto dessa pulverização é paulista.
*A terceira onda começa no final dos anos 70 e ganha força nos anos 80. Seus principais representantes são a Igreja Universal do Reino de Deus (1977) e a Igreja Internacional da Graça de Deus (1980).

Mas de todos os movimentos existentes no Brasil um chama a atenção de forma especial, ele se destaca com o aval e apoio de nossos governantes, assim como ocorreu ano 508 depois da saída do cristianismo.

Ano 2008 as autoridades da cidade de São Paulo autorizou a construção do templo na região do Brás. Mesmo sem estar em conformidade com a proposta que seria construir casas populares até esta data.

Assim enquanto as igrejas evangélicas, especialmente a Universal, passam ser conhecidas mundialmente, pela sua forma de ver o cristianismo, você poderia parar para pensar, e onde esta o legislador do cristianismo? Onde esta o verdadeiro Santuário de Deus?

Medite sobre isto!


Assim como a igreja católica deixou a simplicidade de um cristianismo puro, sem ostentação, muitos grupos evangélicos e tradicionais fazem o mesmo, vendendo falsas relíquias protetoras, para atingirem seus objetivos. Constroem grandes igrejas para exibir sua capacidade de ter, como se isto representa-se de fato o verdadeiro cristianismo.

O bispo e seus lideres vendem agua mineral retirada do rio Nilo, bebida por Moises, no valor de 130,00 reais.